Projeto Camdança

O Projeto Camdança atuou na cidade de Campinas e Região entre 2014 e 2019. Suas ações giraram em torno do fortalecimento das/os artistas da dança na localidade e difusão das práticas e ideias relacionadas à dança contemporânea. Foram 5 momentos/equipes diferentes que, em um processo de continuidade, contribuiram para o pensamento do trabalho em rede e geograficamente referenciado, na área das artes cênicas, em especial a dança na cidade de Campinas. Um dos elementos constituintes do Camdança foi o trabalho coletivo, através da noção de processo na construção das ações. Esperamos ter colaborado para a complexificação das práticas em dança no âmbito do trabalho, pensamento criativo, ativismo e intelectualidade e dessa forma, continuarmos na construção de contextos dignos de trabalho para as artes, além de ampliar o acesso da população às artes cênicas e apontar para a importância do trabalho em conjunto entre os artistas da região. Deixamos sementes, caules e frutos para as artes e nos vemos em breve!

Histórico

Primeira composição Coletivo Camdança

junho 2014 – janeiro 2017

A primeira composição da equipe Camdança, que então se chamava Coletivo Camdança, foi de junho de 2014 à janeiro de 2017. O intuito foi juntar artistas da dança da cidade de Campinas para produzir o Festival Camdança. Fomos selecionadas no edital PROAC FESTIVAIS 2014 e o festival foi realizado no segundo semestre de 2015 na cidade de Campinas e cidades da RMC (Região Metropolitana de Campinas). A primeira composição da equipe foi a seguinte: Ana Clara Amaral, Bia Frade, Daniela Alvares Beskow, Juliana Couto, Juliana Shiel, Isabela Razera, Ló Guimarães e Milena Machado.

A postagem de apresentação desta equipe se encontra aqui:

Conheça o Coletivo Camdança!Produção executiva: Isabela Razera. *isarazera@gmail.com Sobre as…

Posted by Projeto Camdança on Wednesday, October 21, 2015

Durante esta primeira etapa foram realizadas as seguintes ações:

– Festival Camdança Mirante PROAC FESTIVAIS 2014

– Uma das ações do festival foi o mapeamento dos artistas da dança da cidade de Campinas e região. O documentos pode ser encontrado no site do Camdança:

E também no Facebook:

– Manutenção da página no Facebook, que se chamava “ Festival Camdança” e manutenção do primeiro site do Camdança.

– Reflexões e concepção de estratégias sobre trabalho em rede na cidade de Campinas e RMC.

Segunda composição Projeto Camdança

Janeiro 2017 – maio 2018

A segunda composição do Camdança, consistiu de apenas uma integrante, Daniela Alvares Beskow, a fundadora da ideia do Festival Camdança. Nesta etapa, foram realizadas algumas reconfigurações, como o nome do projeto, que passou a se chamar Projeto Camdança e não mais Festival Camdança. Ou seja, o projeto da realização de um festival se transformou para um projeto maior, onde o festival seria um dos elementos.

Durante esta segunda etapa foram realizadas as seguintes ações:

– Manutenção da página no Facebook, que passa a se chamar Projeto Camdança e re-organização do primeiro site do Camdança.

– Re-planejamento e re-elaboração dos objetivos do Camdança, que posteriormente foram propostos à terceira e quarta composição da equipe. Os seguintes objetivos foram traçados:

1- Produção executiva, venda e circulação dos trabalhos da Equipe Camdança na cidade de Campinas e Região, sendo a equipe aberta a todas/os as profissionais da dança de Campinas;

2- Produção executiva, venda e circulação dos trabalhos das/os artistas da Equipe Camdança e artistas da cidade para outras localidades;

3- Produção artística, proporcionando a vazão dos trabalhos das/os artistas de dança de Campinas e Região para a população desta localidade, aproximando artistas, arte e sociedade, como por ex. a realização de encontros, festivais e fomento do debate sobre artes cênicas e dança contemporânea na atualidade. O Festival Camdança e pequenas mostras se inserem neste ponto;

4- Formação de público na cidade de Campinas e Região e difusão das práticas de dança, através de ações pedagógicas,

5- Fortalecimento da rede de artistas da dança contemporânea de Campinas e Região Metropolitana, através da aproximação entre as/os artistas e fortalecimento de laços de trabalho. Uma das estratégias deste item seria o compartilhamento de saberes e metodologias de treino em dança entre os artistas da dança da cidade e região e outras ações de aproximação, como debates e sessões de improvisação.

– Realização de convocatória para novas/os membras. A postagem se encontra aqui: https://www.facebook.com/1432717700365176/photos/a.1432788143691465/1720552924914984/

Terceira composição Projeto Camdança

Maio 2018 – agosto 2018

Equipe: Daniela Alvares Beskow e Fernanda Noboa

A postagem de apresentação desta equipe encontra-se aqui:

Primeira reunião Camdança 2018! Início da produção para os próximos meses. Em breve, atualizações. Preparar…ação!

Posted by Projeto Camdança on Monday, May 7, 2018

Durante esta terceira etapa foram realizadas as seguintes ações:

– Escrita do projeto para o Festival Camdança segunda edição para o PROAC Editais, que não foi selecionado. Esta segunda proposta, diferente da primeira edição do Festival Camdança, era uma proposta ampliada. Além de espetáculos, havia grande quantidade de formações, debates e a elaboração de uma revista sobre dança que seria divulgada internacionalmente, traduzida para o inglês e espanhol. Um dos focos era a ampliação do acesso à dança contemporânea na cidade, com formações extensas que ofereciam bolsas/pagamento para participação para pessoas em situação de vulnerabilidade econômica. Uma das diretrizes era compor a programação a partir de perspectivas críticas sobre o patriarcado, racismo e capitalismo, com convidadas/os para debater esses temas.

– Realização da convocatória: Banco de dados camdança: regimes de dominação e dança; e debates contemporâneos nas artes cênicas. O intuito deste banco de dados foi fortalecer a rede de trabalho entre profissionais da dança que abordassem de forma crítica os regimes de dominação capitalista, heteronormativo, racista e patriarcal.

Esta convocatória se encontra aqui:

https://www.facebook.com/permalink.php story_fbid=1825483197755289&id=1432717700365176&

Segue o texto da convocatória:
“O Projeto Camdança, destinado a fortalecer a rede de artistas e produção em dança contemporânea na cidade de Campinas e região, está construindo uma base de dados de artistas e pesquisadores que pesquisem de forma prática e/ou teórica os seguintes temas a partir da relação com a dança e as artes cênicas: apropriação cultural; patriarcado; racismo; capitalismo; heteronormatividade; exclusão e inclusão (capacitismo, etarismo, gordofobia; desigualdades sociais e de renda; elitização do conhecimento); o contemporâneo e a dança; raízes tradicionais nas danças contemporâneas brasileiras. O objetivo é enriquecer as reflexões e práticas do Projeto e consultar os profissionais para futuras ações do Camdança. Conhece algum profissional que pesquise os temas acima a partir da relação com as artes? Conhece alguma pesquisa sobre? Indique para nós nesta postagem ou envie para o email: projetocamdanca@gmail.com

– Lançamento do novo site: www.camdanca.com

– Concepção e primeiras etapas da produção executiva da Temporada de Compartilhamentos de Metodologias de Treino em Dança e lançamento da convocatória.

Esta convocatória se encontra aqui: https://www.facebook.com/1432717700365176/photos/a.1432788143691465/1836893923280883/

Divulgação:

Abertas as inscrições para a Temporada de Compartilhamento Camdança! Edital em PDF no link abaixo.Atenção para a…

Posted by Projeto Camdança on Monday, June 18, 2018

Inscrições abertas! Acesse o edital: http://www.camdanca.com/convocatorias/temporada-de-compartilhamentos-de-metodologias-de-treino-em-danca/

Posted by Projeto Camdança on Wednesday, July 18, 2018

– Realização de convocatória para novas/os membras.

– Quarta composição Projeto Camdança

Agosto 2018 – fevereiro 2019

A quarta composição da Equipe Camdança é como segue: Daniela Alvares Beskow, Fernanda Noboa, Mariana Jorge, Melina Scialom e Natália A. Silva Carvalho.

A postagem de apresentação desta quarta equipe se encontra aqui:

Apresentamos a nova Equipe Camdança! O Projeto Camdança tem 5 eixos de trabalho: fortalecimento da rede de artistas da…

Posted by Projeto Camdança on Thursday, August 23, 2018

Durante esta quarta etapa foram realizadas as seguintes ações:

– Debate dos 5 objetivos de trabalho do Projeto Camdança, que foram aprofundados. Um sexto objetivo surgiu, a realização de produções artísticas conjuntas. Aos objetivos 1 e 2 – Produção executiva, venda e circulação de nossos trabalhos para Campinas e outras localidades, foi adicionada a realização de formações que integrassem os trabalhos das integrantes das equipes, formações conjuntas e integradas.

– Realização da Pré-Temporada de Compartilhamentos.

A convocatória se encontra aqui:

– Parceria com o festival Fevereiro na Dança primeira edição, este, produzido por Daniela Alvares Beskow e Mariana Jorge/Espaço Quintal). A parceria consistiu na divulgação diária e cobertura do evento a partir de janeiro de 2010 na página do Facebook e site do Projeto Camdança.

Informações sobre o Fevereiro na Dança podem ser encontradas aqui: http://www.camdanca.com/acoes/fevereiro-na-danca/

– Realização da Temporada de Compartilhamentos de Metodologias em Dança, que ocorreu como parte da programação do Fevereiro na Dança

A convocatória se encontra aqui:

– Realização da Mostra Camdança, que ocorreu como parte da programação do Fevereiro na Dança.

A programação se encontra aqui:

– Lançamento de livros no Fevereiro na Dança

A programação se encontra aqui:

– Início da produção do Boletim de Produção Camdança, que contém a divulgação de oportunidades de trabalho na área da dança no Brasil e no mundo.

Todos os boletins produzidos podem ser encontrados na linha do tempo da página do Facebook (Projeto Camdança) e no site:

Quinta composição Projeto Camdança

Fevereiro 2019 – dezembro de 2019

Equipe: Daniela Alvares Beskow e Fernanda Noboa

Durante esta quinta etapa foram realizadas as seguintes ações:

– Continuidade da produção e difusão do Boletim de Produção Camdança: divulgação de oportunidades de trabalho na área da dança no Brasil e no mundo.

O Boletim de Produção se encontra na linha do tempo na página do Facebook (Projeto Camdança) e no site:

– Realização do Encontro-Laboratório de Videodança que ocorreu em duas edições: março e outubro de 2019, com inscrições gratuitas direcionadas à profissionais da área da dança e do audiovisual.

A divulgação das inscrições para o Encontro-Laboratório de Videodança Edições 1 e 2 encontram-se aqui:

📣 O Encontro-laboratório de Videodança segunda edição ocorre nos dias 12 e 13 de outubro em Campinas! 📍 Conheça a…

Posted by Projeto Camdança on Monday, October 7, 2019

📣 O Encontro-laboratório de Videodança segunda edição ocorre nos dias 12 e 13 de outubro em Campinas! 📍 Conheça a…

Posted by Projeto Camdança on Monday, October 7, 2019

Os registros em foto, video, video com exercício e o video-registro sobre os encontros, estão aqui:

Confiram os registros do primeiro Encontro-laboratório de Videodança promovido pelo Camdança em março de 2019 no CIS…

Posted by Projeto Camdança on Monday, May 13, 2019
Exercício de videodança Projeto Camdança Março 2019

Exercício de videodança para fins didáticos, confira!Produzido no Encontro-laboratório de Videodança organizado pelo Projeto Camdança, Daniela Alvares Beskow e Maria Fernanda Noboa cueva. Março de 2019/CIS Guanabara UNICAMP. Campinas – SP. Brasil.O objetivo deste video é fomentar a reflexão sobre a prática do videodança. o que podemos observar nesta filmagem?1- A imagem está cortada ao meio na horizontal pelo chão, que ocupa metade da tela em todos os momentos.2- A câmera gira em torno de seu próprio eixo, não mudando de lugar.3- A localização do sol transforma a imagem nos 4 momentos do video. Observe como mudam as cores e a composição da imagem devido à essa alteração da luz.4- O som ambiente pode ser ouvido em diferentes momentos da gravação: há um jogo ocorrendo e o barulho da torcida aparece ao fundo. Como o som ambiente pode compor com a gravação?5- A movimentação dos corpos se transforma a medida que a câmera gira e novos espaços surgem, promovendo relações espaço-corpo6- A distância entre a câmera e os corpos é um elemento criador7- A relação de criação entre as bailarinas é um elemento bastante importante na composição da dramaturgia cênica. Há uma diferença entre corpos que se movem em conexão e corpos que se movem aleatoriamente sem se perceber. Exercite esta relação.8- A distância entre a câmera e o fundo da imagem é um elemento interessante: perceba a diferença na composição entre os momentos em que há uma parede ao fundo daqueles onde pode-se ver um campo ou um horizonte infinito atrás. A escolha do espaço deve ser pensada a partir da comparação, testes, estabelecimento de objetivos, entre outras ideias.9- A câmera utilizada é uma GoPro. Observe como essa lente distorce a imagem.O que mais você pode observar neste exercício?

Posted by Projeto Camdança on Monday, July 29, 2019

Confira as fotos dos videodanças produzidos no Encontro-Laboratório de Videodança realizado pelo Projeto Camdança! O…

Posted by Projeto Camdança on Tuesday, October 22, 2019
Teaser videoregistro Encontro-Laboratório de Videodança Camdança

Ação! Confira o teaser do video-registro do Encontro-Laboratório de Videodança promovido pelo Camdança e apoiado pelo CIS Guanabara em Campinas no ano de 2019! Em breve o registro completo. Enquanto isso, 1 minuto de bastidores!#videodança#videodanza#dancefilm#makingoff#bastidores#projetocamdança#cisguanabara#dançacampinas#dança#danza#dance

Posted by Projeto Camdança on Wednesday, November 13, 2019
Como foi o Encontro-Laboratório de Videodança Camdança 2019

Lançamos hoje! O video-registro do Encontro-Laboratório de Videodança, promovido pelo Camdança em março e outubro de 2019 no CIS-Guanabara em Campinas. Confira a troca de ideias sobre o conceito de local-específico (site-specific), fotografias do processo criativo e trechos dos videodanças resultantes do encontro. Esta foi a última atividade presencial do Projeto Camdança. Este Projeto durou 5 anos e meio e chega ao fim agora em dezembro de 2019. Deixamos mais este material como contribuição à construção de conhecimento para a dança em Campinas!Dançe, filme, produza obras audiovisuais!#videodança#filmdedança#videodanza#dancefilm#projetocamdança#dançacampinas#localespecífico#sitespecific#cisguanabara

Posted by Projeto Camdança on Wednesday, November 27, 2019

– Escrita de “Reflexões introdutórias ao videodança”. Autoras: Daniela Alvares Beskow e Fernanda Noboa

O texto encontra-se publicado aqui:

Confira as fotos dos videodanças produzidos no Encontro-Laboratório de Videodança realizado pelo Projeto Camdança! O…

Posted by Projeto Camdança on Tuesday, October 22, 2019
Teaser videoregistro Encontro-Laboratório de Videodança Camdança

Ação! Confira o teaser do video-registro do Encontro-Laboratório de Videodança promovido pelo Camdança e apoiado pelo CIS Guanabara em Campinas no ano de 2019! Em breve o registro completo. Enquanto isso, 1 minuto de bastidores!#videodança#videodanza#dancefilm#makingoff#bastidores#projetocamdança#cisguanabara#dançacampinas#dança#danza#dance

Posted by Projeto Camdança on Wednesday, November 13, 2019

– Anúncio da última atividade presencial: https://www.facebook.com/1432717700365176/photos/a.1432788143691465/2133061673664105/?type=3&theater

– Escrita de reflexão sobre redes e publicação na página do Facebook do Projeto Camdança. Autora: Daniela Alvares Beskow enquanto integrante do Projeto Camdança.

O texto pode ser encontrado aqui:

Segue o texto da reflexão:

“Reflexões Camdança sobre trabalho em rede na cidade de Campinas
As diretrizes de trabalho do Projeto Camdança de 2018 deixam algumas questões para 2019! O que refletimos sobre fortalecer a dança na cidade de Campinas? O que ficou para esse ano?

Deixamos essas reflexões sobre trabalho em rede na cidade de Campinas para vocês. O que é urgente? O que importa? Como trabalhamos com dança e como visualizamos nosso trabalho daqui a um ano, cinco anos, dez anos? Como dialogamos com a cidade? Que artistas da cidade e que trabalhos eu conheço ou quero conhecer? De que forma a construção de caminhos coletivos pode levar à um fortalecimento do meu trabalho individual? Como o fortalecimento da rede de trabalho com dança na cidade pode levar à uma melhoria do cenário trabalhista com artes cênicas a nível local e nacional?

Diretrizes de 2018 do Projeto Camdança:
“O Projeto Camdança visa intensificar a circulação da produção em dança em Campinas Região Metropolitana, através de seus aspectos teóricos, metodológicos e cênicos e didáticos. Sao 5 os eixos de trabalho:

1- Produção executiva e venda de nossos trabalhos;

2- Fortalecimento da rede de artistas da dança contemporânea de Campinas e Região Metropolitana. Uma das estratégias deste item é o compartilhamento de saberes e metodologias de treino em dança entre os artistas da dança da cidade e região;

3- Produção artística, como por ex. a realização de encontros e festivais; fomento do debate sobre artes cênicas e dança contemporânea na atualidade;

4- circulação dos trabalhos dos artistas da cidade e região para outras localidades;

5- formação de público e difusão das práticas de dança”.

O Projeto Camdança surgiu em 2014 e em 2015 se deu o primeiro Festival Camdança, com financiamento do PROAC Festivais. O Camdança se propõe ao trabalho em rede. Também parte de perspectiva da crítica aos regimes de dominação na atualidade: o patriarcado, o racismo, o capitalismo e a heteronormatividade e se propõe a conectar artistas que abordem esses temas em seus trabalhos com dança.

A rede de ações é pensada a partir das diferentes experiências das integrantes da equipe na área da cena, da educação, da produção e da pesquisa.

Quatro ações foram realizadas no início de 2019: a Temporada de Compartilhamento de Metodologias de Treino em Dança, a Mostra Camdança, o primeiro Encontro-Laboratório de Videodança e a parceria com a primeira edição do Fevereiro na Dança. A Temporada consistiu de três treinos oferecidos por artistas da dança da cidade e RMC, que se inscreveram no edital lançado pelo Camdança em julho de 2018. Os treinos sintetizam os métodos de trabalho exercidos por essas artistas em sua pesquisa prática e teórica na área e serão oferecidos para suas pares. O intuito foi fomentar um espaço onde as/os artistas da dança conhecessem os trabalhos uns dos outros, no quesito metodologia de treino/ensaio/pesquisa, através de uma troca didática. A Mostra Camdança contou com apresentação de cenas, debates e lançamento de livros. Nesse sentido o Camdança difundiu os pensamentos teóricos de artistas da cidade acerca da dança e das artes cênicas, aproximando público e artistas através não apenas da cena, mas, também de debates e reflexões. O primeiro Encontro-Laboratório resultou no texto “Reflexões Introdutórias ao Videodança” e também videos com exercícios comentados. A parceria na comunicação com o Fevereiro na Dança, marcou presença nessa importante iniciativa de aproximar e visibilizar espaços autônomos que promovem a dança na cidade de Campinas.

Em 2019 o Camdança passa a se centrar na linguagem do videodança e na difusão dos Boletins de Produção, divulgando oportunidades de trabalho nacionais e internacionais na área da dança e artes cênicas.

Deixamos essas reflexões sobre trabalho em rede na cidade de Campinas para vocês. O que é urgente? O que importa? Como trabalhamos com dança e como visualizamos nosso trabalho daqui a um ano, cinco anos, dez anos? Como dialogamos com a cidade? Que artistas da cidade e que trabalhos eu conheço ou quero conhecer? De que forma a construção de caminhos coletivos pode levar à um fortalecimento do meu trabalho individual? Como o fortalecimento da rede de trabalho com dança na cidade pode levar à uma melhoria do cenário trabalhista com artes cênicas a nível local e nacional?

#dançaemcampinas
#trabalhoemrede
#dançacontemporânea
#dançaestadodesãopaulo
#dançainteriordesãopaulo

23/08/2019

Daniela Alvares Beskow”

Últimas ações a serem realizadas em dezembro de 2019 e publicadas no site e na página do Facebook (Projeto Camdança):

1- Publicação deste documento na pággina do Facebook (Projeto Camdança) e site.

2- Escrita de reflexão sobre a experiência no Projeto Camdança: produção e videodança. Autora Fernanda Noboa

3- Escrita de reflexão sobre trabalho em rede, segundo texto. Autora Daniela Alvares Beskow

4- Publicação do video-registro sobre o Fevereiro na Dança

5- Publicação do video sobre o Projeto Camdança gravado em encontro da Câmara de Artes da Cena de Campinas (CTAC) em novembro de 2019

Este documento foi escrito por Daniela Alvares Beskow

novembro e dezembro de 2019

Como citar este texto: Beskow, Daniela Alvares. Histórico Camdança 2014-2019. Camdança. 04 de dezembro de 2019. Disponível em: http://www.camdanca.com/historico-camdanca-2014-2019/. Acesso em: [inserir data].