A primeira edição do Fevereiro na Dança trás 26 artistas e 32 atividades!

Confira aqui a programação completa!

Aulas e oficinas + Café Cantante + Temporada de Compartilhamentos Camdança + Roda de improvisação + Lançamento de livros e debate + Mostra Camdança 


> As inscrições são realizadas diretamente com cada artista: contatos junto às informações sobre cada atividade
> Ingressos para a Mostra Camdança podem ser adquiridos no Vento Espaço Cultural a partir de janeiro                                                                                                                                    > Inscrições realizadas com antecedência do primeiro dia da aula, tem desconto: informe-se com cada artista sobre o valor do desconto                                                            >  Ingressos adquiridos com antecedência, também tem desconto!                                >Em breve endereços e informações sobre os espaços.


AULAS E OFICINAS

1. Dança do Brasil para crianças com Mariana Floriano 

Data: 02/02 10h-12h
Local: Espaço Quintal
Público alvo: Crianças de 5 a 10 anos
Faixa etária: 5 a 10 anos
Valor: R$50,00 por criança (desconto para irmãos: R$35,00 por criança)
Vagas: 10
Inscrições: (19) 997053757

Sinopse:
A oficina será uma prática corporal que prima pela construção do fazer artístico pautado nos sentidos do corpo (movimento, imagem, sensação e emoção), em que a experiência tem como aporte o brincar e os brinquedos conectados às manifestações populares brasileiras, em especial as ligadas à figura simbólica do boi no Brasil.

Sobre Mariana Floriano:
Mariana Floriano, atua como bailarina-pesquisadora-intérprete, educadora e pesquisadora em dança, diretora artística e produtora cultural. É Doutora em Artes da Cena com ênfase no Método Bailarino-Pesquisador-Intérprete (BPI), principalmente no trabalho com crianças. Atualmente, é integrante do “Grupo de Pesquisa BPI e Dança do Brasil” e do “Núcleo BPI”.

2. Dança dos Orixás com Renata Oliveira,  Suellen Turibio, Yandara Pimentel e Henrique Okajima

Data: 02/02 17h-20h e 09/02 14h-17h
Local : Vento Espaço Cultural
A partir de 15 anos
Público alvo: Geral
Valor: R$ 150
Número de vagas: Mínimo de 10 e máximo de 30 participantes
Informações e inscrições: dancasafrobrasileiras@gmail.com (Renata)

Sinopse:
A beleza dessa dança está na força das mãos espalmadas, nos pés fincando-se no chão, no olhar guerreiro do(a) dançarino(a). A beleza está na força do corpo que se faz onipresente e sincero. Está no Ar, na Água, na Terra e no Fogo. Está na alma dos escravos, no peneirar, no socar do milho no pilão, no lavar a roupa no rio que passa tranquilo. A beleza dessa dança está nos mistérios dos deuses africanos com suas lendas, arquétipos e  gestualidade.  Força, energia e mistério!! Os braços e mãos firmes e definidos, expressam gestos e costumes antigos. Quadris e pernas mostram no seu gingado, o ritmo das tumbadoras, agogôs e caxixis. Nos pés descalços, o contato com a terra, com as nossas raízes… E na cabeça, lembranças de uma terra distante. Lembranças que tornaram vivos os costumes, a cultura, a fé…Com essa oficina, pretende-se levar aos participantes um pouco do universo da dança dos Orixás, através dos elementos da Natureza, de variados ritmos, movimentos e coreografias. Cada orixá e cada coreografia representa um universo específico, rico e belo em sua movimentação, significado, ritmo e expressões corporais.

3. Dança Brasileira Contemporânea com Mariana Jorge

Data: 06, 13, 20 e 27/02 8h30-10h e 18h30-20h
Local: Espaço Quintal
Vagas: 7
Inscrições: 19.981584643/ marianadj@yahoo.com.br

Sinopse

As aulas de dança brasileira contemporânea proporciona um espaço de pesquisa em dança, com elementos do Método BPI (Bailarino-Pesquisador-Intérprete), que tem uma fundamentação na pesquisa das danças brasileiras visando um corpo integrado. Busca-se trabalhar a técnica associada aos sentidos do movimento. As estruturas físicas das matrizes de danças do Brasil nos dão esse suporte e abertura corporal. Esse trabalho é associado a conhecimentos da educação  somática, visando a saúde do movimento.
O objetivo principal é que cada pessoa desenvolva uma dança que expresse sua identidade corporal, deixando que uma escrita corporal comece a se apresente com presença e qualidade fisica.

Sobre Mariana Jorge:
Mariana Jorge é bailarina, pesquisadora e arte educadora.  Possui mestrado (2017) em Artes da Cena pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp)/ Brasil, onde também se graduou em Dança (2012) e em Pedagogia (2016). Desde 2010 integra o Grupo de Pesquisa e Criação em Dança: Bailarino-Pesquisador-Intérprete (BPI) e a Dança do Brasil, dirigido pela Profa Graziela Rodrigues. Com o Núcleo BPI participa de performances e espetáculos de dança, realiza pesquisas sobre processo criativo e pesquisas de campo pelo Brasil. Como bailarina realizou diversas apresentações de dança pelo Brasil, Argentina, Cuba, Alemanha e Suíça.  Atua como professora de artes corporais em escolas e instituições, assim como preparadora corporal e coreógrafa de grupos artísticos.

4. Maternidade em Movimento: Técnica Klauss Vianna para gestantes e Técnica Klauss Vianna para mães e bebês com Larissa Carpintero

Técnica Klauss Vianna para Gestantes
Data: 07,14,21, 28/02 08h30-10h
Local: Espaço Quintal
Público alvo: Gestantes
Valor: R$ 45,00 por aula avulsa (1h30min de duração)
R$ 160,00 pelas 4 aulas do mês
 Vagas: 12
Inscrições: (19) 971171977

Sinopse:
O principal objetivo desta oficina é desenvolver a sensibilidade para a observação e escuta do corpo grávido. Tendo como fundamento a Técnica Klauss Vianna, as gestantes poderão vivenciar o movimento e a dança de forma consciente, promovendo o autoconhecimento e experimentando suas possibilidades e limites nesse processo de intensas transformações físicas, emocionais e relacionais.

Técnica Klauss Vianna para Mães e Bebês
Data: 07,14,21 e 28/02 10h-11h30
Local: Espaço Quintal
Público alvo: Mulheres com bebês de 2 a 10 meses
Valor: R$ 45,00 por aula avulsa (1h30min de duração)
R$ 160,00 pelas 4 aulas do mês
Vagas: 8
Inscrições: (19) 971171977

Sinopse:
A rotina de cuidados com o bebê pode ser muito cansativa e desgastante. Tendo como fundamento a Técnica Klauss Vianna, esta oficina traz um pouco de dança para recuperar as forças, aliviar as tensões, resgatar o autocuidado e autoestima das mães. Ao mesmo tempo, embalar um bebê é um movimento natural, uma dança que flui e tranquiliza. Ao dançar juntos, mães e bebês estreitam os vínculos entre si e com seus pares.

Sobre Larissa Carpintero

Psicóloga, mestre em Educação e Especialista na Técnica Klauss Vianna. Desde 2010, desenvolve um trabalho com gestantes e mães com bebês que tem fundamento na técnica Klauss Vianna, denominado Maternidade em Movimento. Atua como doula e educadora perinatal, acompanhando mulheres e casais no período da gestação, parto e pós-parto. É mãe da Elis e do João e acredita que seu trabalho alimenta e é alimentado pela maternagem.

5. Movimento e Música/Teoria Musical: possibilidades de criação com Daniela A. Beskow

Data: 08,09,10/02 14h-17h
Local: Espaço Quintal
Público alvo: artistas da dança, teatro, performance, circo.
Faixa etária: a partir de 16 anos
Valor: de 10 a 100 reais por dia (a pessoa escolhe o quanto pagar dentro dessa faixa)
Vagas: 8 pessoas por dia
possibilidade de realização das 3 aulas ou aulas avulsas
Inscrições: dab@inventati.org ou 19.9.8250-3554 (whatsapp)
 
Sinopse:
Traduzir a música e a teoria musical através do movimento. Duração, intensidade, velocidade/andamento, ritmo, pausa, silêncio, simultaneidade/acordes, sequência/melodia, composição, relação. Um convite para pensar as estruturas conceituais da música através do corpo.

Sobre Daniela Alvares Beskow:
Daniela Alvares Beskow é bailarina, investigadora do movimento, professora/orientadora de processos criativos, fotógrafa, escritora e produtora. Mestre em Artes Cênicas (UNESP 2017), bacharel em Comunicação das Artes do Corpo (PUCSP 2013), licenciada em Ciências Sociais (UNICAMP 2007) e bacharel em Ciências Políticas (UNICAMP 2006). Desenvolve a Metodologia de Criação em Dança e Pesquisa do movimento desde 2002. Apresentou mais de 20 solos em caráter de apresentação única. Fazem parte de seu repertório, dois solos, que concebeu, coreografou, dirigiu e compôs a dramaturgia cênica e parte da trilha sonora: “Poesia sobre o peso. Metáforas sobre a vida e a morte” e “Meia hora. Um rádio espetáculo pelo fim da violência contra as mulheres”. No mestrado lançou dois conceitos: dramaturgia cênica feminista e análise situada de espetáculos. Pesquisa a relação do movimento e da dança com as seguintes áreas: fotografia, música/teoria musical, palavra escrita. Os eixos de seus trabalho estão na pesquisa sobre: o silêncio, a respiração, o peso e a força, a relação do corpo com o chão e com o ar. Dedica-se à criação de videos dança e também à escrita de dramaturgias, tanto para a dança quanto para o teatro. Prêmios: MINC -Intercâmbio e Difusão Cultural; PROAC FESTIVAIS. Bolsas: Fapesp e Capes. Co-coordenadora do Projeto Camdança e co-realizadora do Fevereiro na Dança.

6. Vamos brincar de dançar? Uma proposta de dança e educação somática para crianças com Adriana Salles Dall’Oca

Data: 09/02 10h-11h (03 à 06 anos) e 11h-12h (07 à 12 anos)
Local: Estúdio do Corpo
Público alvo: Crianças
Faixa etária: 03 à 06 anos e 07 à 12 anos
Valor: 10,00
Inscrições: 19.98263-9445

Sinopse:
Uma experiência de dança baseada na metodologia de Jussara Miller de Técnica Klauss Vianna para crianças, sistematizado para despertar e desbloquear o corpo através dos sete tópicos corporais do estágio Processo Lúdico da Técnica, a saber: Presença, Articulações, Peso; Apoio, Resistência, Oposição e Eixo Global. O intuito é o de
estimular o desenvolvimento motor e perceptivo das crianças, tendo como referência a estrutura óssea. O enfoque é na pesquisa do movimento consciente com o uso de improvisação e não oferecendo sequências coreográficas prontas.

Sobre Adriana Salles Dall’Oca
Graduada e licenciada em Dança pela UFV, cursou Especialização em Técnica Klauss Vianna na PUC/SP. Desde 2010 atua no Projeto “Luz e Movimento” da Secretaria de Educação da cidade de Cosmópolis, onde ministra aulas de balé clássico e dança contemporânea a alunos de 06 a 17 anos oriundos da educação formal e especial, além de dirigir o festival anual do projeto. É, desde 2009, professora das aulas de Dança Aplicada a Consciência e Expressão Corporal na Formação Complementar na Escola do Sítio em Campinas/SP. Concluiu no segundo semestre de 2018 o Curso para Formação de Professor de Yoga no Instituto de Yogaterapia (Campinas/SP). É aromaterapeuta pela Escola Aromaluz de Campinas/SP e idealizadora da Balance – Cosméticos Naturais. Atualmente dirige e leciona no Estúdio do Corpo em Campinas/SP, espaço dedicado ao equilíbrio através do yoga, da aromaterapia e da dança.

7. 

Dançando os Cakras: vivência de aromaterapia, dança/educação somática e Hatha Yoga com Adriana Salles Dall’Oca

Data: 10/02 10h-12h
Local: Vento Espaço Cultural
Público alvo: Interessados em dança consciente e hatha yoga
Faixa etária: acima de 15 anos
Valor: R$20,00
Vagas: 20
Inscrições: (19)982639445.

Sinopse:
A Vivência se propõe a encorajar os participantes ao autoestudo através da reflexão do corpo e o estudo do movimento desenvolvendo propostas amparadas pelos procedimentos da Técnica Klauss Vianna em seu estágio Processo Lúdico, o uso de óleos essenciais e posturas psicofísicas do yoga clássico, o hatha yoga, relacionadas aos sete cakras principais.

Organização da Vivência:
– Vivência com os óleos essências
– Preparação do corpo através de propostas pautadas na Técnica Klauss Vianna
– Experiência Psicofísica com Hatha Yoga
– Conversa sobre os óleos essenciais usados e as reverberações da prática
Observações: Todo material necessário será de responsabilidade da proponente

8. 

Dança dos Sentidos: fluxo e ação no movimento com Mariana Jorge

Data: 09/02 10h-13h
Local: Espaço Quintal
Público alvo: interessados pela pesquisa do movimento sensível
Faixa etária: a partir de 16 anos
Valor: 50,00 (valor sugerido)
Vagas: 7
Inscrições: 19.981584643/ marianadj@yahoo.com.br

Sinopse:
“Dança dos Sentidos” propõe uma experiência de dança com base em aspectos do Método BPI (Bailarino-Pesquisador-Intérprete), principalmente a Anatomia Simbólica e a Técnica dos Sentidos. Pretende-se desenvolver um trabalho técnico corporal integrativo, no qual o estudo do movimento está associado aos sentidos mobilizadores do corpo que dança. A investigação de matrizes de movimento proveniente das manifestações brasileiras é um recurso de abertura dos sentidos presentes nos movimentos e na gestualidade de cada pessoa.

9. 

Infinito Movimento Consciente com Hellen Audrey

Data: 09/02 10h30-12h
Local: Amálgama – Lugar do Corpo e da Arte
Público alvo: Interessados em trabalho de consciência corporal pelo movimento
Faixa etária: Maiores de 16 anos
Vagas: 10
Valor: Entre R$ 50,00 e R$100,00
Inscrições: 19. 991779627

Sinopse:
Infinito Movimento Consciente é um caminho pedagógico autoral com foco no equilíbrio e na consciência do corpo por meio do movimento e da respiração. O Pilates, o Garuda, a Técnica Klauss Vianna e a Dança fundamentam o trabalho para despertar a inteligência corporal de forma prazerosa. Nesta oficina o participante irá conhecer um pouco desta pedagogia e alguns princípios do Garuda (Londres), técnica corporal que se utiliza da rede fascial e da respiração do corpo para trabalhar força, flexibilidade e consciência corporal.

Sobre Hellen Audrey:
Hellen Audrey é bacharel e licenciada em Dança pela Universidade Estadual de Campinas – UNICAMP, atua como bailarina, educadora, diretora, preparadora corporal e artífice das linhas, e desenvolve projetos autorais de performance, criação e direção em sua companhia Gemini Cia de Artífices. Dentre suas produções mais recentes estão a co-criação, direção e cenografia do espetáculo Nosso Flamenco e seu último projeto solo, { Jandiras }, de 2017/2018.

10.Avesso do Silêncio com Maria Fernanda e Hellen Audrey

Data: 12/02/2019 – 16h-17h30
15 vagas – mínimo de 5 pessoas
Local: Imbuia laboratório Cênico
Público alvo: interessados em improvisação e processos criativos em dança.
Valor: 100,00
Inscrições: 19. 991779627

Sinopse: Como o silêncio de um rio encanado pela história influencia nosso cotidiano? Como isso influencia nosso movimento? Os participantes desta oficina poderão vivenciar corporalmente um pouco da história dos rios de Campinas, criando caminhos poéticos no próprio corpo por meio do improviso e da dança contemporânea.

Hellen Audrey é bacharel e licenciada em Dança pela Universidade Estadual de Campinas – UNICAMP, atua como bailarina, educadora, diretora, preparadora corporal e artífice das linhas, e desenvolve projetos autorais de performance, criação e direção em sua companhia Gemini Cia de Artífices. Dentre suas produções mais recentes estão a co-criação, direção e cenografia do espetáculo Nosso Flamenco e seu último projeto solo, { Jandiras }, de 2017/2018. No ano de 2017, recebeu juntamente com Maria Fernanda Miranda o prêmio Virada Sustentável Campinas com a performance instalação “Avesso do Silêncio” ao abordar a questão socioambiental que envolve nossos rios urbanos.

Maria Fernanda Miranda é bailarina, pesquisadora em dança e performer. Doutoranda em Artes da Cena pela Universidade Estadual de Campinas, onde também graduou-se em dança. Desde 2010 vem efetivando seu trabalho artístico e de pesquisa imbricando dança, performance, canto e as questões socioambientais do cerratense. Atualmente desenvolve o projeto Mulheres de Linhas e Cerrado Descerrado, recebendo o financiamento à pesquisa pela Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP) e o Prêmio Funarte de Dança Klauss Vianna 2015. No ano de 2017, recebeu juntamente com Hellen Audrey o prêmio Virada Sustentável Campinas com a performance instalação “Avesso do Silêncio” ao abordar a questão socioambiental que envolve nossos rios urbanos.

11. Coreologia  em Dança Contemporânea (filosofia de Rudolf Laban em movimento) com Melina Scialom

Data: 14 e 15/02 10h-13h
Local: Vento Espaço Cultural
Público alvo: Oficina dirigida para artistas da cena e pessoas com experiência prévia de trabalho corporal.
Faixa etária: a partir de 15 anos
Valor: R$70,00 os dois dias
Vagas: 15
Inscrições: melinascialom@gmail.com ou 19-81328668

Sinopse:
A oficina irá trabalhar com exercícios técnicos de dança contemporânea e educação somática baseados nos princípios do movimento de Rudolf Laban (Coreologia). Durante a oficina iremos realizar exercícios de consciência corporal baseados nos Fundamentos Bartenieff chegando até movimentações mais energéticas construídas sobre os princípios do espaço e dos esforços de Rudolf Laban. O intuito é trabalhar com a filosofia de Laban em prática de dança contemporânea e oferecer um outro modo de se incorporar o pensamento labaniano.

Sobre Melina Scialom:
Melina é artista-pesquisadora e professora colaboradora de dança e expressão corporal no Departamento de Artes Cênicas da UNICAMP. Desde 2001 atua profissionalmente desenvolvendo performances de dança em colaboração com artistas de outras linguagens como circo, teatro, música e vídeo; dando aulas de Coreologia a partir de abordagens somáticas (Bartenieff Fundamentals) e Body Weather; e investigando a dramaturgia na dança através da criação cênica.

12.

Emoções a Bailar: processos criativos e integrativos para bailarinos com Natalia Alleoni

Data: 15/02 18h30 – 21h30
Local: Espaço Quintal
Público alvo: Jovens e adultos com experiência em dança
Faixa etária: a partir de 16 anos
Valor: R$100,00
Vagas: 10
Inscrições: natalia.alleoni@gmail.com e whatsapp: 19.9.9785-9019

Sinopse:
Um convite a explorar novos territórios de si a partir de um compilado de técnicas de dança e desenvolvimento humano.  Experimentar o corpo enquanto uma fonte inesgotável de expressão e autoconhecimento. Vivenciar a tecitura de uma dança expressiva a partir da consciência das próprias emoções e escolhas narrativas.

Sobre Natália Vasconcellos Alleoni:
Bailarina, Doutora em Artes da Cena, Arte educadora e Instrutora do Sistema Rio Abierto..Possui Bacharelado e Licenciatura em Dança (Unicamp). Formação nas técnicas: Royal Academy of Dance of London Escuela Nacional de la República de CubaMétodo Ivaldo Bertazzo de Reeducação do Movimento de Ivaldo Bertazzo; Método Bailarino-Pesquisador-Intérprete de Graziela Rodrigues; Sistema Psicocorporal Río Abierto de Maria Adela Palcos. Arte-educadora com experiência em assessoria e direção de eventos artísticos e coordenação artístico-pedagógica, atuando na criação de projetos multidisciplinares e coordenação de docentes nas áreas de arte e educação física. Uma mulher apaixonada pelo autoconhecimento e movimento.

13.  Workshop de Dança Contemporânea: camadas e texturas do corpo que dança com Juliana Hadler

Data: 16/02/2019 das 10h às 13h
Local: Vento Espaço Cultural
Faixa etária: público adulto em geral.
Público alvo: bailarinos, artistas da cena, qualquer pessoa que tenha interesse em investigar o corpo e o movimento.
Valor: R$ 80,00
Inscrições: prajuhadler@gmail.com

Sinopse: através da conexão com o próprio corpo pretende-se o reconhecimento e a elaboração das várias camadas e texturas que compõem o corpo (artístico) na dança. Será trabalhada também a justaposição da fisicalidade do movimento e da percepção de sensações e impulsos que surgem ao dançar.

14. Respiração e movimento: o corpo como ar com Daniela A. Beskow

Data: 16/02 14h-17h
Local: Vento Espaço Cultural
Público alvo: todas as pessoas interessadas
Faixa etária: a partir de 16 anos
Valor: de 10 a 100 reais (a pessoa escolhe o quanto pagar dentro dessa faixa)
Vagas: 25
Inscrições: dab@inventati.org ou 19.9.8250-3554 (whatsapp)
 
 Sinopse:
Investigar a relação da respiração com o movimento através da criação em
dança e pesquisa do movimento: inspirar, expirar, perceber o ar ao
redor, buscar sincronia entre movimento e respiração. O ar que eu respiro é o mesmo que o outro respira. Tal constatação amplia a perspectiva sobre o espaço e sobre as relações. Um convite para perceber a passagem de ar pelo corpo e os movimentos involuntarios e voluntarios daí resultantes.

15. Introdução ao Flamenco com Mariana Abreu

Data: 16/02 14h30-16h
Local: Estúdio Soniquete
Faixa etária: 15 à 70
Valor: R$40
Vagas: 13 vagas
Inscrições: 19 3325-3310 e contato@soniquete.com.br
www.soniquete.com.br

Sinopse:
Começamos conversando um pouco sobre as origens desta arte e sua evolução. Depois experimentamos os movimentos básicos e a musicalidade do flamenco de forma intuitiva e prazerosa.

16. Fios e Movimento com Hellen Audrey

Data:  16/02 16h- 17h30
Local: Espaço Quintal
Público alvo: Interessados em investigação corporal para um estado de presença.
Faixa etária: Maiores de 16 anos
Valor: Entre R$ 50,00 e R$100,00
Vagas: 10
Inscrições: 19. 991779627

Sinopse:
A partir de técnicas de educação somática e de dança, a vivência oferece uma preparação para o corpo presente através de experimentações com fios e movimento – inspirada nas delicadezas e nas memórias do corpo.

17. Encontro de improvisação de dança com Raquel Gouvêa

Data: 17/02 14h-17h
Local: Espaço Quintal
Público alvo: Artistas e interessados em improvisação
Faixa etária: de 15 a 50 anos
Valor: R$ 70,00
Vagas: 10
Inscrições: gouvearaquel@gmail.com

Sinopse:
A improvisação de dança é uma experimentação poética dos movimentos, gestos e ações dos improvisadores, lapidados e expandidos pela técnica corporal desenvolvida pela proponente, a qual integra a dimensão energética do processo criativo de um improviso. O encontro terá a duração de 3 horas, estando aberto à participação de pessoas com e sem experiência em dança.

Sobre Raquel Gouvêa:
Raquel Gouvêa pesquisa a improvisação de dança desde 1996, sendo o tema de seu mestrado em Artes e do doutorado em Educação, ambos realizados na Unicamp. Foi professora do curso de Teatro da UNESP, SP, entre outros e, em 2018, participou do NUCCA – Núcleo de criação cênica do Barracão Teatro, fazendo a direção coreográfica do espetáculo Cabaré do fim do mundo.

18. Vivência de Yoga Dance com Bruno de Castro

Data: 17/02 16h-18h
Local: Vento Espaço Cultural
Público alvo: praticantes de Yoga, dançarinos, instrutores de Yoga, artistas do Corpo, educadores físicos
Faixa etária: maiores de 16 anos
Valor:  R$ 70,00
Vagas: 17
Inscrições: (19) 98235-9060 (Whatsapp)

Sinopse: Usar as posturas de Yoga, os Asanas, para o aprimoramento da Consciência Corporal conectando com propostas de improvisação e criação em Dança.

Sobre Bruno de Castro
Bruno de Castro
DRT 18.539
Contatos: 19 98235 9060
Brasileiro, 36 anos, 1,70m, 65kg, Tenor (B2-A4)
Iniciou seus estudos em 1997 em São Paulo, frequentando aulas de Jazz, Ballet Clássico, Canto e Artes Plásticas. Em 1998 ingressa no coral da FEESP dirigido por Silvio Tancredi. Dois anos mais tarde inicia a Graduação em Dança pela UNICAMP onde começa a atuar profissionalmente, tendo como mestres Angela Nolf, Holly Cavrell, Julia Ziviani, Daniela Gatti, Eusébio Lobo, Dani Callichio, etc . Fez parte da Cia Lina Penteado de Campinas patrocinada pela Medley e participou como grupo convidado da Mostra Contemporânea do Festival de Joinville com a obra ” Roofs” de Holly Cavrell. Atuou em programas da Rede Globo como ” Criança Esperança 2003/2005/2007 e “Show da virada 2012”. Participou do projeto “O Masculino na Dança” do CCSP com ” A Sós…” Foi bailarino da Packer Cia de Dança de Campinas com apoio do FICC e PAC. Inicia seu contato com as artes cênicas com o trabalho com bonecos no “ Parque da Mônica” por um ano. Em 2009 torna-se integrante do elenco da “Royal Caribbean International”, com os musicais “You can´t stop the beat” “Signed, Sealed, Delievered”  e se apresenta em turnê pelos Estados Unidos. Atualmente atua como bailarino/criador nas cias “Vertigem” e ” Seis +1 cia. de dança”, e após participar de ” Aladdin. O Musical” (swing e cover de Tapete) integra o elenco de ” Fame, o Musical” como ensemble e cover de Tyrone Jackson e de “Nas Alturas-Um Musical da Broadway”, versão brasileira do premiado “In the Heights” como ensemble e cover de Sonny Piraguero. Atualmente participa do novo Show musical especial de 30 anos do cantor Daniel e do musical “Dias de Luta, Dias de Glória/Charlie Brown Jr. O Musical”, na função de Dance Captain Swing Masculino, e personagem André Ruas (Pinguim) Em julho de 2015 fica em cartaz no Theatro Municipal de São Paulo com a ópera  “Thaïs” de Massenet  como ator/bailarino. Atua como professor, coreógrafo e ator/cantor/bailarino renomado em Campinas e região há mais de 18 anos lecionando Jazz Avançado e Intermediário, Contemporâneo todos os níveis e Ballet Clássico Avançado (aula livre). Formado em Yoga pelo Instituto Isvara. Aprimora seus estudos em canto com Clovis Portugues, Sanscrito e Mantras com Cecilia Muzetti,  e dirige o espaço de Dança e Yoga “BRUNO DE CASTRO Cia do Movimento”.

19.  Saberes Griot Afro-Indígena-Brasileiro nos Passos do Cari’mbó com
Nil Sena

Data: 17/02 17h-18h30

Data: 17/02 17h-18h30
Local: CIS Guanabara
Vagas: 30 Pessoas
Faixa etária: A partir de 12 anos
Vestimenta desejável : Saia longa para mulher e calça pescador ou bermudão para homens

Valor: no chapéu

Detalhes:
A dança do Carimbó é uma dança de roda originária da região norte do Brasil mais especificamente do estado do Pará, onde na Ilha do Marajó e Marapanin são das cidades onde esta tradição é bastante praticada. Também no município de Montes Altos no estado do Maranhão onde há uma grande população indígena a mesma tradição é muito viva.

A palavra Carimbó é originada do nome do seu instrumento principal de percussão indígena, o CURIM’BO que na língua TUPÍ significa CURÍ – PAU OCO e M’BÓ – FURADO com a influência do linguajar português a palavra transformou-se em CARIM’BÓ OU CARIMBÓ.
Inicialmente o Carimbó era apenas batuque sem canto e com a chegada dos negros africanos às matas; inclusive no período imediatamente após a “abolição” o Carimbó ganhou canto e uma aceleração no seu rítimo que também ganhou algumas células a mais em sua percussão e nos seus próprios passos.

Os passos miúdos e bem enraizados das indígenas ganha com a chegada das negras o bamboleio e uma acentuada aceleração no movimento, em seguida com a influência lusitana ganha também o bater de palmas com os braços para o ar e o “vira-vira” e os rodopios em casais.
Originalmente os instrumentos são: Tambor Curimbó, Maracás e os flautins de bambu (Pífanos ou Pífes na língua popular) todos estes instrumentos indígenas, mais tarde o negro introduziu o Reco-Reco,Ganzá ou Mineiro, Banjo; os brancos europeus introduziram SAX SOFONE, FLAUTA OU CLARINETE.

Mais tarde sofre influência do Merengue e ganha Guitarras eletrícas. O Carimbó inspirou a LAMBADA e o ZUKI.
Em seu canto é comum a presença de cenas da floresta e sertão brasileiro, da lavoura, dos pescadores, do mar, de encantados e do amor. Também a culinária brasileira é bastante cantada nesta tradição.Dois de seus precursores são o MESTRE VEREKETE e o cantor PINDUCA ambos negros.

BREVE CURRICULUM DA PROFESSORA

NILVANDA SENA RODRIGUES, nasceu em Goiânia-Go e aos dois anos de idade migrou com sua família para o município de Montes Altos – MA, filha de pai cearense e afro-indígena-luzitano e mãe pernambucana e afro-indígena. Quando chega à São José do Rio Preto-SP em 1982 ganha ali o pseudônimo de Nil e mais tarde na cidade de Campinas envolve-se nos movimentos sociais, religiosos e culturais e ganha o pseudônimo de Nil Sena.
Foi integrante do Grupo de Teatro e Danças Populares SAVURÚ, conheceu a capoeira com o Mestre Marquinhos Simplício do grupo CRISPIM MENINO LEVADO, foi integrante, diretora cultural e coreógrafa do GRUPO URUCUNGOS, PUÍTAS E QUIJENGUES, da companhia de teatro CENARTE PRODUÇÕES ARTÍSTICAS onde trouxe ao grupo diversas premiações como melhor trilha sonora, melhor texto original, melhor coreografia, melhor maquiagem entre outros, É fundadora da Associação de Educadoras e Educadores sociais do Estado de São Paulo, do grupo de Cantadeiras do Urucungos, é PROMOTORA LEGAL POPULAR, Teatróloga, folclorista e Culinarista Griote, Cantadeira, compositora, letrista, repentista, atriz e bailarina popular, escritora e graduanda em Pedagogia pela PUCCAMP, Nil Sen a também é orgulhosamente mãe de duas pessoas: Luzia Sena Rodrigues e Francisco da Mata Sena Rodrigues ambos de produção independente. Ela própria considera-se o autorretrato da mulher brasileira.
NIL SENA é Coautora do livro A MEMÓRIA EM NEGRO juntamente com a Etino-musicóloga Erica Giesbrecht e a brincante Rosangela Ampúdia.

20. Poéticas do Corpo: Uma vivência para mulheres com Natalia Alleoni 

Data: 18/02 18h30 – 21h30
Local: Espaço Quintal
Público alvo: Mulheres
Faixa etária: a partir de 18 anos
Valor: R$100,00
Vagas: 10
Inscrições: natalia.alleoni@gmail.com e whatsapp: 19.9.9785-9019

Sinopse:
Um convite a explorar novos territórios de si a partir de um compilado de técnicas de dança e desenvolvimento humano.  Experimentar o corpo enquanto uma fonte inesgotável de expressão, prazer e autoconhecimento. O feminino sendo dançado a partir dos centros de energia, das emoções humanas e da observação da própria imagem corporal, podendo assim, liberar travas corporais.

21. Criações em Dança a partir dos 4 Elementos com Natália A. Silva de Carvalho

Data: 19,21 e 24/02 15h-17h
Local: Espaço Quintal
Público alvo: pessoas interessadas em geral
Faixa etária: a partir de 14 anos
Valor: 1 dia R$50, 2 dias R$80,00, 3 dias R$120
Inscrições: natalia.aug.silva@gmail.com
 
Sinopse:
Transitar no caminho da memória e do corpo, que se revelam a cada instante, passando por quatro elementos, transformados em quatro matrizes com qualidades distintas. O caminho que se traça entre cada matriz é revelado no percurso, porém o desenho total do que se forma não pode ser contemplado somente com os olhos, é preciso aguçar todos os sentidos, perceber os movimentos e principalmente permitir que a porta da criação também possa ser acessada.

Sobre Natália A. Silva de Carvalho:
Docente do curso de Bacharelado em Dança e do curso de Pós Graduação em Dança e Consciência Corporal na UniMetrocamp/ Wyden. Mestre (2010) pela Universidade Estadual de Campinas, Programa de Pós- Graduação em Artes, contemplada com bolsa FAPESP. Graduação em Dança também na UNICAMP com título de Bacharelado (2005) e Licenciatura (2007). Exerceu função de artista educadora na Formação Cultural em Arte Dramática e Formação Cultural em Dança da Prefeitura Municipal de Hortolândia (2015 e 2016), trabalhando com consciência corporal, expressão corporal, música e dança para jovens a partir de 16 anos. Contratada também pela Prefeitura Municipal de São Paulo (2012), como artista orientadora do Programa Vocacional. Atuou no Projeto Voz ao Corpo, Programa Juventudes no Sesc. Trabalhou com vivências artísticas em projetos inclusivos de Dança no ensino formal (educação infantil e fundamental) e não formal (ONG, SESC, aulas particulares). Possui curso de formação no “Método Ivaldo Bertazzo- Reeducação do Movimento”. Artista, criadora, diretora e intérprete em espetáculos cênicos em grupos e solo.

22. Dança da Lua Cheia com Larissa Carpintero, Regiane Bataglini e Marcelo Michelsohn

Data: 19/02 às 18h30-21h30
Local: Espaço Quintal
Público alvo: Jovens e Adultos
Faixa etária: a partir de 14 anos
Valor: Contribuição Consciente
Inscrições: (19) 971171977

Sinopse:
Dançar sob a Lua Cheia é uma prática ancestral geralmente relacionada aos ciclos e curas do feminino. Entretanto, da forma como organizamos, não é uma prática limitada às mulheres pois acreditamos em seu potencial de integração do masculino e do feminino, individual e coletivamente. Este ritual sagrado-profano traz benefícios como: conhecimento e conexão com o próprio corpo, despertar e desenvolvimento da intuição,  consciência para a mudança de padrões,  presença e conexão com os ciclos da natureza. A dança se desenvolve a partir de instruções simples e cada participante encontra e expressa a sua dança ao redor de uma fogueira.

23. Rendas como Metáfora do Corpo com Hellen Audrey

Data: 23/02 14h – 17h
Local: Espaço Quintal
Público alvo: Interessados em trabalhos com linhas e investigação corporal.
Faixa etária: Maiores de 16 anos
Valor: Entre R$70,00 e R$100,00
Inscrições: 19. 991779627 / hellen.mapeli@gmail.com

Sinopse:
Nesta oficina o participante vivenciará uma experiência corporal a partir da renda sol/ nhanduti e também de técnicas de educação somática e dança. A primeira parte da atividade será dedicada ao despertar do corpo e dos registros e memórias de cada participante. A segunda parte, será dedicada ao aprendizado da renda que será elaborada a partir do mapeamento do corpo realizado na primeira parte da oficina.

24. Personagem na Dança com Bia Frade

Data: 22/02 14h – 18h
Local: Imbuia Laboratório Cênico
Público alvo: Oficina direcionada a artistas da cena e pessoas com alguma experiência em qualquer estilo de dança.
Faixa etária: a partir de 18 anos, sem limite de idade
Valor: DE R$55,00 A R$120,00
Vagas: 15
Inscrições: whatsapp (19) 996554184 ou email : biafranan@gmail.com

Sinopse:
Esta oficina propõe um laboratório de dança com o objetivo de esboçar o início criativo de um personagem e uma dramaturgia na dança, partindo de estímulos diversos que convidam ao mergulho à própria subjetividade.

Sobre Bia Frade
Bia Frade, bailarina, graduada em Dança e Mestre em Artes da Cena, na UNICAMP (1999 e 2007). Possui vivência na técnica Klauss Vianna (Jussara Miller) e formação com Ivaldo Bertazzo, na Escola do Movimento em São Paulo. Integrou o Grupo DançAberta  dirigido por Júlia Ziviani (2016/2017 – Unicamp) e o Coletivo Camdança (2015 – Festival Camdança , ProAC). Iniciou em 1998 trabalhos de dança solo com temáticas sempre ligadas às questões referentes ao universo feminino. Criadora de solos como “Amadzón” (1998 – I Bienal SESC de Dança); “Mulher de Barro” (2001 – Bolsa Rede Stagium , temporada Centro Cultural Vergueiro). “À Escuta do Mar” (2007 – mestrado/Unicamp,Espaço Tugudum,Campinas; 2008 – Lisboa; 2009 -Barcelona); “Animal não domesticado” (2015 – Festival Camdança Mirante,2016 – Sesc Campinas e Festival TuDanza em Barcelona, 2017 – Feverestival ). Como  atriz participou de “Versos de Amor de Lorca” ( direção Felix del Cid, 1996); do espetáculo “Agda” (2005 e 2006 – direção de Moacir Ferraz) ; e em Barcelona, do teaser “Estigia”(2009 de Hector Manteca).  Foi docente na FPA- Faculdade Paulista de Artes; na ELD– Escola Livre de Dança de Santo André; e recentemente das disciplinas Ballet Clássico, Dança do Brasil e Composição , no curso profissionalizante de dança da Escola de Artes Augusto Boal (Prefeitura de Hortolândia). Como diretora, dirigiu “Surto”, espetáculo de dança estreado em junho de 2018 em Hortolândia pelos alunos do primeiro ano do curso de dança.

25. Maternidade em Movimento: Dança para Casais com Bebês com Larissa Carpintero

Data: 23/02 10h30-12h
Local: Espaço Quintal
Público alvo: Casais com bebês de 2 a 10 meses
Valor: R$75 o casal Desconto de 10% para quem fizer as 4 aulas de mães com bebês
Vagas: 6 casais
Inscrições: (19) 971171977

Sinopse:
Após a chegada de um bebê, os papéis de mãe, pai, mulher, homem entram em movimento… O foco muda, a rotina muda e, às vezes, nos desconectamos de nós mesmas e de nosso(a) parceiro(a). Tendo como fundamento a Técnica Klauss Vianna de dança e educação somática, o objetivo desta oficina é promover um espaço de autocuidado, escuta e conexão com o próprio corpo e entre os casais.

26. Unio – o sentido de grupo e o Tribal Fusion com Bárbara Leocardio

Data: 23/02 15h – 17h
Local: Vento Espaço Cultural
Público alvo: voltada a qualquer pessoa que tenha interesse pela linguagem corporal baseada na Dança do Ventre
Faixa etária: a partir de 15 anos
Valor: gratuito
Inscrições: Não há inscrições prévias
Vagas: 20
Contato para mais informações e dúvidas: barbaraleocardio@gmail.com

Sinopse: Tribo, clã, irmandade, união, grupo. Movimento, construção, cooperatividade, criação. Nesta oficina, abordaremos uma introdução ao Tribal Fusion, com princípios e movimentações básicas, tendo como foco o grupo. O Tribal ou Dança Étnica Contemporânea é um estilo de dança cujas raízes estão na Dança do Ventre e possuem fortes elementos da Dança Flamenca e de danças indianas. Com a base nessas três danças, o Tribal Fusion pode apresentar influência de outras expressões artísticas, como a dança contemporânea, o hip hop, a dança-teatro, entre muitas outras. A oficina será aberta a todos, bailarinos ou não.
Observações: Ir com roupas confortáveis e que não dificultem os movimentos.

Sobre Bárbara Leocárdio
Iniciou os estudos em Dança do Ventre no ano de 2002 e iniciou-se no Tribal Fusion em 2008. No ano de 2013, iniciou seu trabalho como professora e coreógrafa. Participou de diversas apresentações como bailarina e coreógrafa. É integrante da companhia de Dança Étnica Contemporânea Shaman Tribal Co.

27. Workshop de Floorwork com Natalia Beserra

Data: 25/02 14h-16h
Local: Vento Espaço Cultural
Público alvo: pessoas que já tenham algum contato com trabalho de corpo
Faixa etária: a partir de 16 anos
Valor: Gratuito
Inscrições: (19) 98127-1713 – Renata do Vento Espaço Cultural
 
Sinopse:
Trabalho técnico envolvendo movimentação no chão, com o chão e para o chão, com objetivo de introduzir a técnica de Floorwork e trabalhar fluxo de movimento
Sobre Natalia Beserra: 
Formada pela Royal Academy of Dance como Bailarina Clássica. Ingressou como bailarina na Leandro Netto Cia. de Dança (Fortaleza-CE). Atuante na Dança Contemporânea há 15 anos, nas Danças Urbanas há 3 anos e no Jazz Dance há 2 anos. Professora de Ballet Clássico há 8 anos. Atualmente cursa licenciatura e bacharelado em Dança pela UNICAMP. Foi estagiária do Grupo Zumbboys e da ETEC de Artes em SP. Em 2016 realizou um intercâmbio nacional na Universidade Federal do Ceará e, em 2018 foi contemplada por um intercâmbio na London Contemporary Dance School (Londres, UK).

28. As Cores do Corpo com Silvana Nascimento

Data: 25 e 26/02 19h-21h
Local: Espaço Quintal
Público alvo: Interessados no assunto
Faixa etária: Qualquer idade
Valor: R$120,00 com certificado
Vagas: 15
Inscrições: 19-996104941

Sinopse:
OS CENTROS DE ENERGIA e transformação (chakras) são instrumentos psicoemocionais que interagem em nossos sistemas através do Sol e se retroalimenta através do coração, centro do Corpo. Conhecer e experimentar através do movimento e consciência, nos aproxima de um caminho até si mesmo. Somos convidados e sentir e pensar em nós a criação. Criatividade, sonoridade, movimento em  um ambiente musical facilitando as jornadas de cada centro.

Sobre Silvana Nascimento
Nascida em Belo Horizonte-MG, formada em dança com títulos da Academia de Londres, iniciada por muitos mestres da dança Clássica, Moderna, Afro, Jazz dos anos 70 em Minas Gerais. Dançou profissionalmente até chegar em Campinas-SP onde vive há quase 30 anos. Desde então juntou dança e auto conhecimento, levando a seguir sua formação em variados cursos formações ,como Reiki, Xamanismo Siberiano, Raja yoga, Eneagrama Escola Sat,  Instrutora do sistema Rio Aberto, Cosmovisão Tupi guarani, tendo experiências e viagens interativas aos temas por muitos países. Atualmente dá classes de Movimento Expressivo-Rio Aberto, em Barão Geraldo e outras instituições, onde fusiona sua larga experiência no campo das Artes do movimento e Auto Conhecimento. Criatividade e filosofia fazem parte da sua expressão no mundo.

E TAMBÉM:

CAFÉ CANTANTE

COM GUILHERME ARCE E LARA RAMOS

16/02  20h

Vento Espaço Cultural

Valor: R$10 reais
Ingressos: no dia do evento ou antecipados: 19 999546014 (Lara) 19 99212-7254 (Guilherme)
50 lugares
Venda de comes e bebes no local
Café Cantante é um espetáculo em que Soleduo interpreta o ciclo das
“Canciones Populares Españolas”, arranjadas pelo poeta e músico Federico
Garcia Lorca, intercalada pela leitura de poesias do autor, acompanhadas de
peças para violão solo. O espetáculo conduz o espectador por diversas
temáticas do universo popular da região de Andaluzia, na Espanha. Elementos
da cultura flamenca e cigana são trazidos à tona por meio da poesia de Lorca
e da interpretação das canções. Café Cantante é o nome que levavam os
espaços em que se praticavam a música e dança flamenca e também o título
da poesia de Lorca, que evoca esses espaços.

TEMPORADA CAMDANÇA: COMPARTILHAMENTOS DE METODOLOGIAS DE TREINO EM DANÇA 

17/02 13h-21h e 23/02 09h-13h

CIS Guanabara

A Temporada de Compartilhamentos de Metodologias de Treino em Dança é uma ação do Projeto Camdança e consiste em uma série de treinos oferecidos por bailarinas/os para bailarinas/os com o objetivo de compartilhar entre os pares, metodologias, técnicas e modos de treinar em dança.

INSCRIÇÕES GRATUITAS:

 http://www.camdanca.com/convocatorias/temporada-de-compartilhamentos-de-metodologias-de-treino-em-danca/

RODA DE IMPROVISAÇÃO

ENCONTRO DE DANÇA: TROCAS E DIÁLOGOS ATRAVÉS DA IMPROVISAÇÃO

CONDUÇÃO: JULIANA HADLER

22/02 19h-20h30

VENTO ESPAÇO CULTURAL

Público alvo: bailarinos, artistas da cena, qualquer pessoa que tenha interesse em investigar o corpo e o movimento.

Faixa etária: Adultos
Valor: entre R$ 15,00 e R$ 50,00

Propostas de improvisação e investigação de caminhos de movimentos, articuladas com o corpo em uma dinâmica de relação consigo mesmo, com o outro e com o espaço.

LANÇAMENTO DE LIVROS E DEBATE

23/02 18h

CIS Guanabara

Gratuito

Livreto: “Dramaturgia cênica feminista e análise situada de espetáculos” de Daniela Alvares Beskow e livro “Laban Plural: Arte do Movimento, Pesquisa e Genealogia da Práxis de Rudolf Laban no Brasil” de Melina Scialom

MOSTRA CAMDANÇA

17/02 19h30

23/02 20h

CIS Guanabara

Ingressos no chapéu

Mostra de cenas com os artistas participantes do Fevereiro na Dança

Detalhes da programação em janeiro, aguardem!